Artigo: Dieta Pró-Inflamatória x Acne

Por Trícia Barreto

Lembra quando na adolescência te falavam que chocolate “dava” espinhas? O mito que a acne estava ligada à ingestão de alimentos não estava totalmente errado. Hoje sabemos que alimentos industrializados, açúcar refinado e farinhas brancas influenciam na formação do problema. .

Um trabalho científico que observou quase 3000 voluntários que se submeteram à dieta de baixo índice glicêmico resultou na redução da acne em 80% das pessoas acompanhadas nesse período. A dieta, que foi desenvolvida pelo cardiologista Arthur Agatston, autor do best seller “A Dieta de South Beach”, não é restritiva. O segredo é priorizar proteína magra e gordura boa (carne magra, ovos, peixes, folhas verdes, azeite de oliva extravirgem, oleaginosas e grãos). Já os carboidratos complexos devem ser consumidos de forma moderada (massas, cereais e grãos integrais). .

Foto: Reprodução

Outra pesquisa desenvolvida no Colorado (EUA), avaliou indivíduos de Papua-Nova Guiné e do Paraguai que nunca haviam tido contato com comida e industrializada e advinha? Nenhum tinha acne.
Já o artigo publicado na JAMA Dermatology (revista da American Medical Association) conduzido por um time multidisciplinar dos EUA e da Índia comparou a saúde da pele de cidadãos da área rural do Quênia com a de seus descendentes que migraram para os EUA.

Entre aqueles que saíram da África, aproximadamente um terço desenvolveu acne; entre seus ancestrais, menos de um quinto das pessoas tinha ou já havia tido acne na vida. A conclusão dos dois estudos foi que a dieta “ocidentalizada” influencia na formação da acne.

Aqui no Brasil também tivemos pesquisa sobre o tema: Um estudo do Centro Universitário de Volta Redonda (RJ) analisou os hábitos alimentares de 30 pessoas com acne e 27 sem a doença.

Ao comparar como os 57 voluntários consumiam comidas de 11 grupos alimentares, notou-se que apenas no conjunto de pães brancos e biscoitos houve uma diferença significativa: os indivíduos com acne ingeriram um terço a mais desse tipo de alimento do que os sem acne.

Atua negativamente na inflamação das glândulas sebáceas e além disso, pode atrapalhar o desempenho de tratamentos como o uso de cremes e realização de peeling.

E você? Já sofreu ou sofre com a acne? Experimente essas dicas, tente mudar a sua alimentação e me conta aqui o resultado dos novos hábitos!

You may also like