“O DEM tem de apoiar o governo”, disse Ronaldo Caiado

Em entrevista ao Estadão, Ronaldo Caiado, governador de Goiás, nomeou de “falha burocrática” a razão pelo qual o DEM não se uniu oficialmente à base do governo Jair Bolsonaro.

“Como é que um partido que está sentado na Casa Civil da Presidência da República, na presidência da Câmara, na presidência do Senado Federal, no Ministério da Saúde e no Ministério da Agricultura não se declara base do governo? Não existe isso, não tem a menor lógica. Não acho que seja apenas base. Acho mais. Acho que o partido tem responsabilidade, mais do que nunca, para se esforçar ao máximo para que todos os projetos caminhem e que tenhamos as respostas mais rápidas possíveis para que a sociedade comece a notar a diferença. Não existe nenhum ponto do nosso partido que não seja em total sintonia com essas propostas que estão aí apresentadas. Não é apenas se declarar base de governo. Além de declarar, é trabalhar, arregaçar as mangas, buscar um entendimento.” disse Ronaldo Caiado

Com informações do Antagonista

You may also like