A noite do massacre: Há 15 anos a Rubra enfiou 4X0 no poderoso Grêmio

Por Danianne Marinho

Ainda tenho nítida em minha memória aquela noite de frio no Estádio Municipal Jonas Duarte. A Xata dominou completamente a partida, mesmo atuando com um jogador a menos desde os 27min, com a expulsão do Juninho com quem pude prosear recentemente e relembrar aquela noite.

Comprovante de pagamento do jogo.

A Rubra já foi pressionando o Grêmio desde os primeiros minutos. O time gaúcho, copeiro como é, tentou sem sucesso segurar a Anapolina com muitas faltas e chegou a ensaiar alguns contra-ataques. Eslei marcou duas vezes no primeiro tempo com a Xata indo para o intervalo vencendo por 2×0 sem nenhum susto.

No segundo tempo o time comandado por ninguém menos que Mano Menezes continuou sendo totalmente dominado pela nossa Gloriosa. Mesmo com a expulsão de Juninho aos 27 minutos do segundo tempo a torcida rubra continuava de pé cantando alto e vibrando a cada jogada.

Com um a mais o Grêmio ensaio uma reação e partiu para cima. Foi aí que veio o castigo. Aos 44min, após cruzamento da esquerda, Gallato afasta e Wilsinho faz o gol no rebote. O Jonas Duarte veio ao chão! Aos gritos de olé, no contra-ataque, Wilsinho arrancou e fez o seu segundo gol no jogo, completando a goleada.

Uma atuação de gala contra aquele que seria o campeão da competição naquele ano. #AnapolinaDay é um daqueles momentos que nos dá saudades em ver nosso time desfilando pelos gramados do Brasil e levando o nome de Anápolis a todos os cantos desse país continental. Que esses dias voltem em breve. Confio e acredito que isso é possível. Saudações Rubra!

Danianne Marinho
Professor no Curso de Medicina da UniEvangélica
Membro da coordenação do ZAP CORONA da Prefeitura de Anápolis

You may also like