Prefeitura de Anápolis reforça ações de prevenção no transporte coletivo

Em cenário de risco moderado, CMTT se reuniu com a Urban e Vigilância Sanitária para definir estratégias como aumento da frota

Por Redação – Foto: Reprodução

A Companhia Municipal de Trânsito, Transportes e Serviços Urbanos (CMTT) reforça, a partir desta segunda-feira, 22, as ações para a prevenção do coronavírus no sistema de transporte coletivo de Anápolis. As medidas fazem parte do novo cenário da matriz de risco, que muda do nível leve para moderado na cidade. Dentre os parâmetros adotados, trabalhar a conscientização, expandir a higienização de terminais e ônibus e ainda aumentar o número de veículos nas principais linhas.

As estratégias foram definidas durante reunião realizada na manhã da última sexta-feira, 19, na CMTT, com a equipe do órgão, incluindo o diretor de Trânsito, Transportes e educação, Igor Lino Siqueira, e o gerente de Transporte, Enivaldo Dias Soares; o gerente da Vigilância Sanitária no município, Gúbio Dias Pereira; e a representante da Urban, Rafaela Rocha Lopes.

A fiscalização nos ônibus também foi reforçada com a Vigilância Sanitária e a Polícia Militar. O objetivo principal é impedir o acúmulo excessivo de usuários do transporte coletivo dentro dos terminais e aglomeração de passageiros dentro dos ônibus, além da falta do uso de máscaras.

Para o diretor de Trânsito Igor Lino, as ações de fiscalização tiveram que ser redobradas para garantir mais segurança aos usuários e evitar o aumento de casos na cidade. “Nossas atividades estão alinhadas com as determinações do prefeito, que orientou o máximo de empenho para evitar aglomeração e, por consequência, diminuir os riscos de contaminação”, diz.

O objetivo é atuar fortemente na prevenção, já que o sistema de transporte coletivo do município, com 190 ônibus, transporta mais de 50 mil passageiros por dia. “O trabalho da CMTT com a Urban visa intensificar o que já tem sido feito atualmente, e também lembrar os usuários do transporte público que os riscos continuam. É preciso a colaboração de todos”, comenta o diretor da CMTT, Fernando Cunha.

You may also like