Governo federal seleciona Anápolis para aderir à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa

Consultora do Ministério da Cidadania esteve na cidade nesta quarta-feira (30), para discutir políticas públicas e esclarecer dúvidas

Da Redação

Sabemos que há um número cada vez maior de pessoas com 60 anos ou mais no Brasil. São pessoas idosas usuárias dos serviços sociais, de saúde, de proteção e cidadãos que precisam ter os seus direitos garantidos. E Anápolis sai na frente mais uma vez! É pensando na garantia desses direitos que a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, aderiu à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa (EBAPI), do Governo Federal.

Nesta quarta-feira (30), a consultora do Ministério da Cidadania, Cristina Lobo, esteve no município para discutir políticas públicas e esclarecer dúvidas sobre o projeto. De acordo com ela, Anápolis se destaca e já está com a estratégia muito avançada. “Venho para avaliar, saber qual a melhor implementação para aperfeiçoar a qualidade de vida da pessoa idosa no município. E Anápolis já tem o Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa ativo, o que significa que está bem à frente dos demais”, destacou.

Para a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Júlia Maria Rodrigues, a estratégia é fundamental para organização dos diversos setores que trabalham com envelhecimento. Só assim é possível ofertar políticas públicas para a terceira idade. “Hoje, Anápolis se preocupa em dar oportunidade a todos os seus cidadãos para garantir que envelheçam aqui, e com saúde”, concluiu.

You may also like