Prefeitura auxilia a inserção no mercado de trabalho

Políticas públicas são dirigidas com vistas à criação de novas vagas para a mão de obra ociosa

Da Redação

O programa denominado Espaço da Oportunidade é a base para que o Governo Municipal bata a casa de duas mil pessoas que estão com, pelo menos, um certificado na mão e muito mais conhecimento neste primeiro semestre do ano. O ambiente é, apenas, a espinha dorsal de uma política pública que descentraliza a empregabilidade no Município – atrai a participação da população em todas as regiões de Anápolis.

A solução buscada foi identificar as demandas do mercado de trabalho local e ofertar cursos de capacitação profissional para suprir essa lacuna. De acordo com o Prefeito Roberto Naves, este diálogo foi o principal responsável pelo saldo anual de 1.096 novos empregados – conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Além do Espaço da Oportunidade, que fica na região Central, há outros nove pontos distribuídos por diversas regiões. “Contamos com os telecentros e os centros de formação, que ocasionam a descentralização dos cursos. Isso resulta em mais participação da comunidade, já que muita gente está desempregada e não teria condições de custear, sequer, a passagem de ônibus”, diz a Secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Emprego e Renda, Eerizânia Lobo.

Oferta de vagas

De acordo com a Secretária, a equipe do Espaço da Oportunidade busca identificar as vagas existentes no mercado de trabalho para promover os próximos cursos, sempre de forma gratuita. Na semana passada, por exemplo, 30 pessoas receberam os certificados de conclusão dos cursos de pedreiro de alvenaria e pintor de obras – profissões que estão entre as 10 de maior de empregabilidade no País – de acordo com levantamento do próprio CAGED.

Outros trabalhadores prontos para o mercado de trabalho são os do curso de técnicos em vendas. Vinte pessoas receberam o certificado na quarta-feira, 19. Uma prova de que o diálogo flui bem entre as instituições, é o caso de José André da Silva Júnior, de 23 anos. Ele soube do curso quando buscou o SINE (Sistema Nacional de Emprego). “Fui lá, atrás de uma vaga no mercado de trabalho e eles me indicaram o Espaço da Oportunidade (fica ao lado) para me aperfeiçoar. Estou mais confiante para correr contra o tempo”, explica.

Cursos
Os próximos cursos, que começam em agosto, são: atendimento; técnicas de vendas; auxiliar de recursos humanos; auxiliar administrativo e informática. No primeiro semestre, foram ministrados cursos como alimentador de linha de produção; mecânica de manutenção de motocicletas e automóveis; eletricista predial; corte, costura e modelagem, auxiliar administrativo e design de sobrancelhas, dentre outros.

Os interessados devem procurar o Espaço da Oportunidade (Fone 3902-1514).

You may also like