Serviço Social Prefeitura detalha atendimentos em toda a Cidade

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social mostra como é o acesso aos serviços

Da Redação

O atendimento social gira em torno de quatro eixos básicos: CRAS, CREAS, SFCV e Espaço da Oportunidade. Vejam como funcionam dois deles, o CRAS e SCFV. O Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada dos serviços sociais. A unidade tem o objetivo de atender a pessoas em situação de vulnerabilidade social, decorrente da pobreza, da fragilização de vínculos e sociabilidade e risco social. O principal serviço é o de Proteção e Atendimento Integral à Família, que realiza um trabalho social com as famílias de forma continuada, com a finalidade de fortalecer a função protetiva da família.


O cadastro das famílias em programas e benefícios assistenciais acontece nos CRAS. Há ainda dentro das unidades a inscrição no Cadastro Único, que é o Cadastro Nacional dos Serviços Sociais, só assim as famílias podem ter acesso a benefícios como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social, BPC/Loas, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, dentre outros.


A equipe de referência dos CRAS é formada por assistentes sociais, psicólogos e agentes sociais, que realizam visitas domiciliares e atendimentos particularizados ou em grupos, ofertando um acompanhamento familiar visando prevenir situações de risco social.


Anápolis mantém três unidades: os CRAS Norte, Leste e Sul. Qualquer pessoa que se encaixe no perfil do programa tem direito garantido em lei de participar da assistência social. Os critérios são vulnerabilidade social, decorrente da pobreza, da fragilização de vínculos, sociabilidade e risco social.


SCFV
As mães carentes, que vivem em bairros mais afastados e que necessitam da ajuda para manter e educar os filhos já se lembram dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, oferecidos às crianças e adolescentes no contraturno escolar, com o objetivo de colaborar para a formação social, trabalhando informações como direitos e deveres, além da cidadania. Paralelo às oficinas sociais, as crianças recebem também recreações culturais e esportivas. Nas unidades de SCFV, a criança recebe um lanche que equivale ao almoço ou jantar, com cardápio variado e balanceado.


Para se inscrever no SCFV, a família deve procurar o CRAS de abrangência do seu bairro. Após esta etapa, é realizada uma triagem para comprovar se a família encaixa no perfil do programa. Logo após, é feita a inserção da criança o SCFV. A orientação sempre é procurar o CRAS mais perto de sua casa. Fique atento aos endereços logo abaixo.

Serviço

CRAS Norte – Avenida do Estado, s/nº – Vila Norte (62) 3902-2639
CRAS Leste – CEU, Praça Valdemar Jorge Naben – Jardim Alvorada (62) 3902-1573
CRAS Sul – Avenida Pedro Ludovico, Q. A Lts. 19 e 20 – Jd. Ana Cláudia (62) 3902-1539
Horário de atendimento: Segunda a Sexta, das 8h às 18h

Foto: Santiago Plata – Ascom

You may also like