Thaís repudia morte violenta de cachorro por segurança do Carrefour

A líder do PSL na Câmara à vereadora Thaís Souza, que é defensora da causa animal, usou o pequeno expediente durante à sessão ordinária desta quarta-feira (5), para repudiar o caso da morte de um cachorro que foi espancado com uma barra de ferro e, em seguida, envenenado por um segurança da rede Carrefour em Osasco, Região Metropolitana de São Paulo, no dia 28 de novembro.

“Um ato cruel com o animal. Nosso País não pode aceitar esses maus tratos; A rede de supermercados deveria dar bons exemplos! Esse ato comoveu as redes sociais, artistas, políticos, toda à sociedade. Às redes sociais, os veículos de comunicação de todo o Brasil, mostram a indignação e a revolta das pessoas com essa atitude”, lamentou.

Thaís disse que a violência contra o animal em Osasco, evidência à falta de políticas públicas voltadas para causa animal em todo Brasil. Segundo ela, esse tipo de situação precisa acabar, e as leis de proteção a causa animal, devem ser colocadas em prática.

“Pesquisas mostram que psicopatas iniciam seus atos de violência muitas vezes contra animais. Já conversei com o delegado responsável pelas investigações, sobre a triste morte desse cachorro, Bruno Lima, deputado eleito pelo PSL, e tenho certeza que ele não vai deixar que essa situação passe sem punir os responsáveis por esse crime bárbaro. A lei será cumprida, para servir de exemplo e para levar respostas para a população”, concluiu.

*Com informações da Ascom da Câmara 

You may also like