Lei que aumenta pena para quem maltratar animais é sancionada

Com aprovação do Presidente Jair Bolsonaro, pena passa a ser de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa. Agressor também perde direito de ficar com o animal Por Redação – Foto: Carolina Antunes/PR Agora quem maltratar animais poderá ser preso, com pena de dois a cinco anos de reclusão, e ainda pagar multa.