“Faço um apelo para que o Governo de Goiás entre nesse circuito para evitar o fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa”, disse Lélio Alvarenga

Da Redação

O líder do Partido Social Cristão, vereador Lélio Alvarenga, usou a tribuna nesta segunda-feira (13), para mostrar a sua preocupação com o anúncio de fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de Anápolis. De acordo com o vereador Lélio, a direção da unidade vem alertando há dias sobre o possível fechamento. “Desde a semana passada que a direção da unidade está alertando para isso. E hoje à noite será o último dia de funcionamento do serviço”, destacou.

Lélio lembrou que mensalmente a Santa Casa acumula um déficit mensal de R$ 300 mil. A situação ficou complicada porque desde o início do ano o Governo do Estado suspendeu o repasse mensal para unidade no valor de R$ 429 mil.

“Fomos até o secretário de Estado da Saúde, o Ismael Alexandrino, e ele foi bem claro ao dizer que o governo não reconhece essa dívida. Faço um apelo para que o Governo de Goiás entre nesse circuito para evitar o fechamento do Pronto Socorro da Santa Casa. O que o SUS paga em sua tabela, não é suficiente para custear as demandas de atendimento”, finalizou o vereador.

Fonte: Ascom/Câmara

You may also like