Prefeitura reduz Contribuição de Iluminação Pública em 26%

Da Redação

Com foco no aumento da eficiência da máquina pública, a Prefeitura de Anápolis conquistou uma redução para o contribuinte em duas taxas relevantes. A Contribuição de Iluminação Pública (CIP), que é cobrada todo mês na conta de energia, registrou economia de 26% em média. E a Taxa de Serviços Urbanos (TSU), que é a conhecida como taxa de coleta do lixo, que reduziu 21%.

Segundo o secretário municipal da Fazenda, Geraldo Lino, a substituição gradativa por lâmpadas de LED no município, retirando às de vapor de sódio, acarretou em um impacto imediato. “Muito mais econômica e durável, a nova iluminação também incrementou a segurança nos bairros, a diferença de luminosidade é significativa”, destacou o secretário.

Além desta ação, outra mudança que colaborou para a redução das duas taxas, foi O crescimento da área construída da cidade, o que distribuiu mais ainda a conta para os contribuintes. “A Prefeitura também não concedeu reajuste à empresa terceirizada que faz o recolhimento de lixo na cidade, e o cidadão teve papel importante: gerou menos lixo”, justifica Geraldo Lino.

Ele assegura que o desconto na TSU, dentro de uma brevidade, irá aumentar ainda mais. “A partir da conclusão do georreferenciamento da cidade, que é um mapa digital atualizado, a divisão dos custos ficará mais justa, desonerando quem tem imóvel em situação regular perante o município”.

You may also like