Roberto Naves viabiliza mais 10 leitos de UTI e garante Anápolis no risco moderado

O anúncio foi feito há pouco nas redes sociais de Roberto Naves que, desde ontem, buscava maneiras de evitar um colapso no sistema de saúde após ocupação dos leitos dispararem

Por Redação – Foto: Reprodução

Anápolis permanece em risco moderado no sistema de saúde em relação à Covid-19. A definição veio após o prefeito Roberto Naves garantir mais 10 leitos de UTI exclusivos para pacientes do município no tratamento da doença. Com isso, a cidade passa a ter 60 leitos de UTI e 87 de enfermaria, já que a unidade de saúde do Leblon retorna como centro de internação. Neste panorama, a matriz de risco ficaria em torno de 70% ocupação, que garante a cidade no risco moderado.

A busca da estratégia de evitar, tanto um colapso no sistema, quanto medidas mais enérgicas relacionadas ao isolamento social, foi iniciada na noite de sexta-feira, 26, após a ocupação dos leitos de UTI mostrarem um cenário crítico. Reuniões contínuas foram realizadas com toda a equipe técnica e da linha de frente da Secretaria Municipal de Saúde até que na tarde deste sábado, 27, as ações foram anunciadas.

“Com mais esses dez leitos que contratamos junto à Santa Casa e com a reabertura do Leblon ganhamos um fôlego e evitamos um possível lockdown agora. Mas é preciso deixar bem claro que, estamos em uma situação crítica devido às novas variantes da doença e mais do que nunca precisamos que a população se conscientize sobre os protocolos de segurança”, destacou o prefeito.

Roberto Naves acrescentou que, na próxima quinta-feira – dia de avaliação da matriz de risco -, o cenário será novamente avaliado e que a adoção de medidas mais rígidas não está descartada. “Estamos fazendo o possível para não deixar a nossa população sem atendimento e nem desestabilizar a atividade econômica, mas não podemos conter o avanço da doença se não houver a colaboração de todos”, finalizou.

You may also like