Governo de Goiás amplia parceria com entidades religiosas para atendimento a dependentes químicos

A ampliação de parcerias em projetos e ações de atendimento à população mais carente e aos dependentes químicos foi tema de reuniões do secretário de Desenvolvimento Social (Seds) Marcos Cabral com lideranças religiosas. A ideia é que haja um maior entrosamento entre a pasta social e as instituições filantrópolicas ligadas às igrejas, ampliando o alcance das ações sociais do Governo de Goiás nos 246 municípios do estado.

Cabral tem convicção que essa sinergia, bandeira levantada pelo governador Ronaldo Caiado, é fundamental para que o estado possa alcançar aquelas pessoas que hoje, de alguma forma, estão em situação de vulnerabilidade social.

“Só quem passa a falta do alimento na mesa ou quem tem que cuidar de um familiar que tem dependência química sabe como o apoio do governo é importante. Pode ser a diferença entre salvar a pessoa ou não. Nós vamos focar em quem já desenvolve um trabalho eficiente e próximo das pessoas, que são as igrejas, a um custo menor para o governo, mas com alcance efetivo”, frisou o secretário.

Durante a reunião foram levantados problemas e sugestões que podem ajudar no fortalecimento dessa rede de apoio ao cidadão. O pastor Josué Gouveia, presidente da Assembleia de Deus Vila Nova, destacou que os religiosos há tempos ansiavam por esse diálogo. “Fico feliz em conversar com o secretário sobre a ampliação desse trabalho social que as igrejas já desenvolvem. E essa parceria com o governo de Goiás vai ser muito frutífera, queremos contribuir”.

Respeitado líder do segmento evangélico em Goiás, o bispo Abigail Almeida, da Assembleia de Deus Fama, que também participou da reunião tem a convicção de que o trabalho em conjunto dará certo. “As portas que o governador Ronaldo Caiado e o secretário Marcos Cabral estão abrindo serão muito construtivas para as pessoas que mais precisam. Vejo com bons olhos e tenho certeza que faremos um bom trabalho”, destacou.

Com informações da SEDS

You may also like