Goiás está entre os três estados brasileiros que mais reduziram crimes violentos em 2020, diz estudo

Dados divulgados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020. Levantamento reúne números de ocorrências criminais e de vítimas em todas as unidades da Federação. Goiás recebe destaque em redução de roubos e homicídios

Por Redação – Foto: Cristiano Borges

Goiás é um dos três estados do Brasil que mais reduziu número de roubos no primeiro semestre de 2020, quando comparado com igual período do ano passado. É o que diz um estudo divulgado nesta segunda-feira (19/10), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, por meio da publicação do Anuário de Segurança Pública de 2020.

De acordo com a pesquisa, a média nacional dos registros de roubos, incluindo todos os tipos, apresentou redução de 24,2% nos seis primeiros meses de 2020, sendo as maiores reduções registradas no Espírito Santo (-44,1%), Amapá (-43,8%) e Goiás (-42,3%). O estudo mostra anda que Ceará e Rondônia apresentaram crescimento nestes registros, de 19,2% e 50,4%, respectivamente.

Outro dado importante do levantamento é que Goiás também figura entre as três unidades da Federação que mais diminuíram os indicadores de homicídio, quando se compara o primeiro semestre deste ano com mesmo período de 2019. Nos seis primeiros meses de 2020, enquanto somente seis estados conseguiram manter em queda os números de assassinatos no Brasil, Goiás apresenta recuo de 16,6%. Resultado do Estado vai, inclusive, na contramão da média nacional, que mostra aumento de 8,3% no número deste tipo de crime. Outra redução expressiva é nos latrocínios, também colocando o Goiás em posição relevante, com queda de 37,1%.

Os dados positivos de avanço contra a criminalidade e os destaques na comparação nacional foram comemorados pelas forças de segurança. “O ideal é zerar os crimes. Nós temos que buscar essa taxa de zero registro de crimes no Estado. A determinação do governador Ronaldo Caiado é devolver a paz e garantir a segurança dos 7,2 milhões de goianos. Vamos continuar trabalhando para que essa redução seja constante e que o reflexo dela venha, cada vez mais, para a população”, comenta o secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda.

O Anuário de Segurança Pública de 2020 também traz dados que indicam que Goiás é o segundo Estado que mais reduziu roubo de veículos – ficou atrás somente do Amapá, que tem pouco mais de 860 mil habitantes. Com queda de 38,4% nos casos, Goiás leva mais um destaque na comparação nacional. Para o governador Ronaldo Caiado, os números positivos são reflexo do trabalho sério desempenhado pelas forças de segurança, que possuem total liberdade para atuar dentro dos parâmetros legais.

“Não tem mais crime hoje em Goiás que não tenha uma ação direita com resultado e o esclarecimento de como ou quem o provocou. É a verdadeira sensação que o goiano tem de Segurança Pública”, avalia Caiado. Para o governador, o combate à criminalidade reflete diretamente no bolso do cidadão. “Você vê hoje o seguro mais barato de carro aqui em Goiás. Isso dá tranquilidade para o cidadão. Isso se chama cidadania, é dar autonomia para as pessoas fazerem o que desejam sem ter o empecilho da bandidagem.”

A produtividade das forças policiais goiana também é referência. O estudo mostra que Goiás está entre os seis estados brasileiros que mais apreenderam armas de fogo no primeiro semestre de 2020. Foram 3.124 armas de fogo apreendidas nos seis primeiros meses desse ano, média de 520 por mês.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, o número demonstra o alto poder de fogo que estão em posse dos criminosos que são diuturnamente enfrentados pela polícia. “Nossa tropa tem agido de forma integrada, com inteligência para fazer esse combate”, explica Rodney Miranda. Ao analisar os índices alcançados por Goiás, o titular da pasta comemora. “Esses dados refletem a excelência do trabalho feito pelas forças policiais”, arremata.

You may also like