Governo Federal autoriza início da construção de ponte entre Goiás e Mato Grosso

Ministro Tarcísio Freitas assinou Ordem de Serviço para obra que vai proporcionar a ligação entre Ribeirão Cascalheira/MT e São Miguel do Araguaia/GO. Também foi autorizado o início das obras da Travessia Urbana de Formosa, na BR-020/GO

Por Redação – Foto: Reprodução

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou, nesta sexta-feira (24), a Ordem de Serviço (OS) para o início das obras de construção da ponte sobre o Rio Araguaia, na BR-080/GO, que vai ligar os estados de Goiás e do Mato Grosso. Localizada no distrito de Luiz Alves, em São Miguel do Araguaia/GO, a futura ponte representa mais uma etapa para implantação do corredor rodoviário da BR-242/080/MT/GO. Durante a transmissão, Freitas destacou os investimentos do Governo Federal no estado, “O Ministério vem realizando várias entregas no estado, e essas entregas só estão sendo possíveis porque nós temos contado com o apoio incondicional das bancadas federais. Apoio fundamental para o cenário da crise que se avizinha em 2019”, enfatizou o ministro.

A ponte possibilita a integração de um importante corredor de escoamento de grãos produzidos na região do Araguaia. A ligação rodoviária entre os dois estados facilitará o acesso dos produtores mato-grossenses à Ferrovia Norte-Sul (FNS), principal via de escoamento do Centro-Oeste para os terminais portuários do país.

“A ponte sobre o Araguaia é o primeiro passo que estamos dando para ligar a região produtora do Araguaia à Ferrovia Norte-Sul, possibilitando escoar a carga de grãos do Centro-Oeste até os portos e trazendo um ganho logístico enorme a essa rota, que será um corredor fundamental para o desenvolvimento das economias de Goiás e de Mato Grosso”, destacou o ministro Freitas, durante a assinatura do documento, em videoconferência com parlamentares dos dois estados.

A construção da ponte sobre o rio Araguaia e o encabeçamento da estrutura terão quatro quilômetros de extensão. O projeto não vai interferir no ciclo das cheias e terá altura de 20 metros para respeitar o tráfego de embarcações. O valor total do empreendimento está orçado em R$ 160 milhões.

TRAVESSIA URBANA – Na ocasião, o ministro da Infraestrutura também assinou a Ordem de Serviço para início das obras da Travessia Urbana de Formosa, na BR-020/GO. No segmento do km 0 ao km 12 (perímetro urbano de Formosa), serão iniciadas as obras de duplicação e de adequação da capacidade da pista, com a eliminação de pontos críticos, utilizando viadutos nas interseções de acesso à cidade. Além da duplicação serão construídas vias marginais para o ordenamento do trânsito da região, fazendo a separação do tráfego de longa distância com o urbano, evitando, assim, acidentes e a retenção de tráfego. Isso aumentará, também, a segurança e o conforto dos usuários que necessitam utilizar a rodovia.

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, presente na solenidade, destacou o empenho da bancada de Goiás para a viabilização da execução das obras. “A atuação dos parlamentares foi fundamental. Essas obras favorecem o desenvolvimento econômico e social do estado e beneficiam outras regiões, como o Norte e o Nordeste do país, principalmente, no que se refere ao escoamento e o abastecimento do agronegócio”, afirmou o diretor-geral do DNIT.

A construção da ponte sobre o rio Araguaia e a Travessia Urbana de Formosa atendem à necessidade crescente de transporte de pessoas e mercadorias na região, uma vez que a previsão do Volume Médio Diário (VMD) para 2021, em Formosa, é de 12.254 veículos por dia e a expectativa para 2025, em Luiz Alves, é de 5.611 veículos por dia.

Com informações da Coordenação-Geral de Comunicação Social – DNIT

You may also like