Hospital Municipal promove Ação Educativa de Prevenção a Queimaduras

Hospital atender cerca de 60 pessoas por dia e realiza 17 mil procedimentos por mês

Da Redação

A Prefeitura Municipal de Anápolis, por meio da Secretaria Municipai de Saúde, promove no Hospital Municipal Jamel Cecílio a 2ª Semana de Prevenção a Queimaduras, que vai de 3 à 6 de junho. O hospital é referência nessa área, com o Ambulatório de Queimados que hoje atende cerca de 60 pacientes por dia. A semana inclui palestras, peças teatrais e paródias sobre os cuidados e prevenção, além da entrega de material educativo. Também serão distribuídos protetores solares para pacientes em tratamento.

O objetivo da promoção é intensificar o trabalho de prevenção de todos os tipos e níveis. Como queimaduras domésticas com água quente, óleo, café, panela, ferro elétrico, assados que são provocados por explosões com gasolina e álcool, que estão em primeiro lugar no ranking de atendimento do Ambulatório, e as principais vítimas são crianças e idosos.

Ainda de acordo com a secretaria de saúde, estão no ranking de atendimentos, acidentes abrasivos de lesões múltiplas, geralmente causadas por acidentes no trânsito, envolvendo motocicletas, nos quais a vítima entra tem atrito com o asfalto ou terra, além de lesões causadas por escapamentos. Nestas situações, jovens e adultos estão entre as principais vítimas.

Referência

O Ambulatório de Queimados do Hospital Municipal realiza aproximadamente 17 mil procedimentos mensais. A unidade conta com três salas de curativo, uma de fisioterapia e o centro cirúrgico. O tratamento para vítimas de queimaduras, quase sempre, é longo e doloroso. O paciente pode passar por uma série de procedimentos, dependendo do tipo da sua lesão: raspagens, cirurgias reparadoras e de enxerto, troca de curativos e até fisioterapia.

O atendimento é feito por uma equipe multiprofissional formada por psicólogos, assistente social, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos (dermatologistas, cirurgiões, clínicos e anestesistas) que acolhe o paciente durante todo o período de tratamento indo além do cuidado com a lesão.

E a unidade se apresenta como de extrema importância para a população, por ser a única que presta assistência pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Regional Pireneus, composta por Anápolis e outros nove municípios – Abadiânia, Alexânia, Campo Limpo, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Gameleira de Goiás, Goianápolis, Pirenópolis e Terezópolis de Goiás – resultando em quase 500 mil habitantes. O ambulatório atende casos de pequena e média complexidade, e aqueles considerados gravíssimos, são referenciados à capital.

Anúncio

You may also like