Líder e vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara destacam resultados da atuação do ministro da Infraestrutura

“Na nossa luta por um Brasil melhor, o fato de termos um ministro tão competente facilita a harmonia entre os Poderes que nos levará a um novo patamar de desenvolvimento”, afirmou o parlamentar de Goiás

Da Redação

Na reunião desta quinta-feira (22) em Brasília com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), e os vice-líderes Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO), Darcísio Perondi (MDB-RS), Guilherme Derrite (PP-SP), Herculano Passos (MDB-SP), José Medeiros (PODE-MT), José Rocha (PL-BA) e Lucas Vergilio (Solidariedade-GO) elogiaram os resultados já obtidos pelo ministro e ressaltaram a importância de buscar uma integração ainda maior do trabalho entre o Legislativo e o Executivo.

“Na nossa luta por um Brasil melhor, o fato de termos um ministro tão competente facilita a harmonia entre os Poderes que nos levará a um novo patamar de desenvolvimento”, afirmou o líder Vitor Hugo. “O ministro Tarcísio vem fazendo um grande trabalho na duplicação de rodovias e na duplicação de trechos”, acrescentou o líder do Governo.

De acordo com o vice-líder Lucas Vergilio, “o ministro faz um excelente trabalho e é um provedor de soluções”. José Rocha disse que “o ministro está no caminho certo e tem uma gestão elogiada por todos, pois tem uma atuação séria, de entrega de resultados”.

Tarcísio Freitas contou que o seu ministério vem usando criatividade para levar, à população, melhorias na infraestrutura do Brasil mesmo em um tempo de limitações orçamentárias.

O ministro pediu o apoio, dos líderes governistas, para viabilizar a aprovação de mudanças legislativas que facilitem e agilizem os investimentos privados em rodovias. “Em outros países, quando alguém quer investir para duplicar uma rodovia, por exemplo, basta uma simples autorização do governo. Aqui, o processo é muito longo, com a necessidade de concessões para permitir qualquer investimento”, observou Tarcísio Freitas.

Porém, segundo ele, o “trabalho fenomenal” da bancada governista na Câmara dos Deputados ajudará o governo a superar todos os entraves ao desenvolvimento do país. “Tenho certeza de que o Brasil vai decolar. A nossa economia deve crescer em torno de 2,5% nos próximos dois anos, e em 4% em 2022. Há, no Congresso Nacional, um ambiente pró-business e de apoio às reformas econômicas, e estamos aproximando o Brasil dos mercados estrangeiros”, afirmou.

Companhias aéreas

Tarcísio Freitas pediu o apoio dos líderes governistas para manter o veto, do presidente Jair Bolsonaro, à gratuidade das bagagens nos voos no Brasil. Segundo ele, é importante reduzir a quantidade de regulações na nossa economia para estimular os investimentos estrangeiros.

“A proibição de cobrança de bagagens é um obstáculo regulatório. Com a entrada de companhias aéreas de outros países no Brasil, teremos aumento da concorrência e redução das passagens cobradas dos consumidores finais”, explicou o ministro.

Ele informou, ainda, que o Governo Bolsonaro enviará brevemente à Câmara propostas para estimular outros setores da economia, como a navegação de cabotagem, que deverá ter um crescimento de 30% ao ano. Outro projeto irá racionalizar a tributação das operações de câmbio, o que também trará mais capital estrangeiro.

“O Brasil vai crescer, o governo vai crescer e quem estiver junto também. O único país com previsão de crescimento positivo para os próximos anos é o Brasil”, disse o ministro aos líderes. “Estamos fazendo um grande esforço de desenvolvimento e o nosso país logo terá uma nova classificação de risco mais positiva que será uma excelente mensagem aos investidores”, acrescentou.

Com informações da Assessoria de Comunicação

You may also like