Sistema viário: Obra vai desafogar o trânsito da Avenida Universitária

Avenida entre o Bairro Recanto do Sol e a BR-153 permitirá maior fluidez no tráfego

Da Redação

Desafio para várias administrações anteriores, uma alternativa de trânsito para diminuir a carga de veículos na Avenida Universitária/BR-414, finalmente, começa ase concretizar. A Prefeitura deu início na quarta-feira, 22, às obras de interligação entre o conglomerado de 12 núcleos residenciais urbanos, que tem como referência o Bairro Recanto do Sol – trecho, também, conhecido como Flor do Cerrado 1ª Etapa – e a BR-153. Ao todo, serão 633 metros de uma bela avenida de pista dupla. Trata-se da Rua FC-22, que, ao final do projeto, facilitará a vida de mais de 50 mil moradores daquela região. Estima-se que em 90 dias o serviço seja concluído. Isto será possível por intermédio de uma PPP (parceria público-privada) com a Prefeitura se responsabilizando pela infraestrutura da travessia de um afluente do Ribeirão Antas que corta o local. Já, uma empresa privada realizará a cobertura asfáltica. 

O projeto será concluído com a construção de uma trincheira sobre a pista da BR 153, o que permitirá o acesso à região do Bairro Boa Vista e a consequente ligação com a Avenida Brasil Norte. Esta obra vai acontecer a partir do começo do próximo ano e será de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A informação é do próprio Prefeito Roberto Naves, que teve a garantia do Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas que, recentemente, esteve em Anápolis e, depois, recebeu lideranças anapolinas em Brasília. De acordo com o Ministro, a obra será entregue em meados de junho de 2020, conforme cronograma do Departamento.

Na avaliação do Prefeito Roberto Naves, este projeto é emblemático, pois solucionará um problema de década e, além de facilitar o fluxo de trânsito, permitirá a valorização imobiliária da região, assim como permitirá o crescimento demográfico de Anápolis naquela direção.  Ali, atualmente, só existem três acessos: dois de entrada e um de saída, o que sobrecarrega o trânsito, principalmente no viaduto na entrada para o Recanto do Sol, nos horários de maior movimentação.

Proposta econômica

“É um problema crônico em Anápolis”, destacou o Prefeito Roberto Naves, sobre a questão da mobilidade urbana. Ele explica que a maioria da população está concentrada na Região Norte, mas, o polo de empregos está localizado Região Sul, onde se encontra o DAIA, o que força um fluxo intenso de veículos na Cidade. 

“Vamos corrigir isso lançando o Distrito Agroindustrial Municipal na região Norte. Também vamos descentralizar a geração de empregos e otimizar o tráfego o nas ruas de Anápolis. O foco é na qualidade de vida para o cidadão”, finalizou.

Fotos: Renato Lopes – Dircom

You may also like