Em Foz do Iguaçu, Bolsonaro destaca importância da usina de Itaipu

Evento aconteceu na sede da binacional, em Foz do Iguaçu – Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, destacou nesta terça-feira (26) a importância da usina hidrelétrica de Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu (PR), para Brasil e Paraguai. Junto com o chefe de Estado paraguaio, Mario Abdo Benítez, Bolsonaro participou da posse do novo diretor-geral brasileiro da usina, general Joaquim Silva e Luna. Além dele, o vice-almirante Anatalício Risden Júnior foi empossado como diretor financeiro executivo da empresa.

A binacional do Brasil e do Paraguai  é recordista mundial de geração de energia, com mais de 2,6 bilhões de megawatts-horas (MWh) acumulados desde o início de sua produção, em 1984. “Continuaremos juntos para o bem de nossos povos”, ressaltou Bolsonaro durante o evento. Itaipu é considerada um exemplo de integração em âmbito jurídico, político, diplomático e de engenharia entre dois países. 

General do Exército da reserva, Joaquim Silva e Luna, 69 anos, foi comandante da 16ª Brigada de Infantaria de Selva, diretor de Patrimônio, chefe do gabinete do Comandante do Exército e chefe do Estado-Maior do Exército e ministro da Defesa. Comandou companhias de Engenharia de Construção na Amazônia, participou no exterior da Missão Militar Brasileira de Instrução e trabalhou como assessor de Engenharia na República do Paraguai. O mandato de Silva e Luna em Itaipu vale até 16 de maio de 2022. 

Pontes

Antes da cerimônia, o presidente brasileiro participou de reunião com Benítez, onde abordou temas como o acordo entre os dois países no combate ao crime organizado e à corrupção, além da parceria na construção de duas pontes que vão ligar Brasil e Paraguai. “A segunda ponte do Paraná, bem como sobre o Rio Paraguai, é de fundamental importância para os nossos povos”, ressaltou. No próximo mês, o presidente paraguaio virá ao Brasil em visita oficial a Bolsonaro.

Fonte: Planalto, com informações da Itaipu

You may also like