IPTU: Prefeito Roberto Naves conclama a quem puder, que pague

Chefe do Executivo Anapolino disse que as receitas são importantes para a manutenção dos programas de obras físicas e sociais

Por Redação

 “As pessoas que tiverem condição, que paguem, porque esta é uma forma de ajudar nesse momento de dificuldade”, disse o Prefeito Roberto Naves (PP) sobre um provável adiamento do prazo para a quitação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da Taxa de Serviços Urbanos (TSU) e Contribuição Sobre a Iluminação Pública (CIP).

Para ele, quem não tiver como pagar na segunda-feira (13), não terá como pagar, da mesma forma, daqui a um ou dois meses. Nesses casos, segundo Roberto Naves, “lá na frente deve ser buscada uma solução. Ou o parcelamento até o final do ano, ou, a não cobrança de multas. Tudo está sendo estudado”, garantiu o Prefeito que não descarta, até, uma isenção para impostos abaixo de R$ 120,00.

Entretanto, observou que isso está sendo avaliado do ponto de vista jurídico, porque se não houver essa segurança jurídica, poderá haver caracterização de renúncia de receita e crime de improbidade.

Pauta empresarial

Sobre o pedido de prorrogação de outros tributos e taxas feitos por entidades do Fórum Empresarial de Anápolis, num manifesto que foi amplamente divulgado para a imprensa e nas redes sociais, Roberto Naves disse que esse assunto, também, está sendo analisado, por entender a importância do setor produtivo para a geração de emprego e renda na Cidade. “Tudo vai ser feito, na hora certa”, pontuou o prefeito, sem dar maiores detalhes. Mas, garantiu que, “de maneira alguma, a população será penalizada por uma situação que ela não criou”, arrematou. (Com informações do Portal CONTEXTO)

You may also like