Major Vitor Hugo homenageia Comando de Operações Especiais do Exército em sessão na Câmara

Da Redação

O líder do Governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), realizou nesta segunda-feira (15/7) no Plenário da Câmara dos Deputados, com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, sessão solene comemorativa ao aniversário do Comando de Operações Especiais do Exército Brasileiro, que tem sede em Goiânia e foi fundado em 2002. Foi a primeira homenagem do Parlamento às Forças Especiais, que são especializadas em operações de altíssimo risco e complexidade e já atuaram em missões estratégias no Brasil e em outros países, a exemplo do trabalho decisivo feito na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah).

Major Vitor Hugo foi integrante do Comando e se formou em 2003 no Curso de Forças Especiais. “Eu sinto o maior orgulho de ter guardado na minha alma as características dos soldados das Forças Especiais: lealdade, abnegação, resiliência, controle emocional, coragem, persistência, determinação, responsabilidade, espírito de corpo e tantas outras”, ressaltou o líder do Governo, em seu discurso.

O presidente Jair Bolsonaro ressaltou, em seu pronunciamento, o espírito patriótico das Forças Armadas brasileiras: “Feliz é a Nação que tem Forças Armadas e Forças Auxiliares comprometidas com a democracia e com a liberdade, mesmo com o sacrifício da vida”, ressaltou Bolsonaro.

Além de dezenas de “boinas pretas”, colegas do Major Vitor Hugo no Comando, prestigiaram a sessão autoridades do primeiro escalão do Governo Bolsonaro: os ministros da Defesa, Fernando Azevedo (filho do Major Gilberto Azevedo, que foi instrutor-chefe, em 1957, do primeiro Curso de Operações Especiais); do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno; da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira; da Secretaria de Governo, General Luiz Eduardo Ramos; da Advocacia-Geral da União, André Luiz Mendonça; e da Agricultura, Tereza Cristina. O comandante de Operações Especiais, general Mario Fernandes; e o secretário Nacional de Segurança Pública, General Guilherme Theophilo, também prestigiaram a cerimônia.

Estavam presentes os deputados Capitão Alberto Neto (PRB-AM), Carla Zambelli (PSB-SP), Coronel Chrisóstomo (PSL-RO), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Eli Borges (SD-TO), General Peternelli (PSL-SP), Guilherme Derrite (PP-SP), Loester Trutis (PSL-MS), Marcel Van Hattem (NOVO-RS), Pastor Marco Feliciano (PODE-SP) e Sanderson (PSL-RS), entre outros.

Discursos

Major Vitor Hugo abriu o seu pronunciamento lembrando um dos lemas das Forças Especiais: “Qualquer missão, em qualquer lugar, a qualquer hora, de qualquer maneira.” O deputado ressaltou que os integrantes dessas forças abrem mão do convívio familiar e arriscam as suas vidas como heróis anônimos, em situações extremas, pelo bem do Brasil.

O líder do governo informou ter criado recentemente, na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar de Apoio às Operações Especiais das Forças Armadas e das Forças de Segurança Pública.

Além de destacar a importância do trabalho das Forças Armadas, o presidente Jair Bolsonaro disse que o objetivo do seu governo é entregar, aos brasileiros, um país melhor do que o atual. “Juntos, mudaremos o futuro do Brasil”, afirmou, dirigindo-se aos parlamentares. Ele frisou que é necessário respeitar todas as instituições e, principalmente, o povo brasileiro. “Somos terrivelmente patriotas”, destacou Bolsonaro.

Com informações da Assessoria de Comunicação

You may also like