Saúde pública: Evangélica tem interesse em comandar o Hospital de Urgências

Da Redação

Com o fim do contrato que mantem com a OS Fundação de Assistência Social de Anápolis (FASA) que há décadas administra a Santa Casa de Misericórdia e que assumiu o comando do Hospital de Urgência e Emergência “Doutor Henrique Santillo” desde a sua fundação, surge uma nova perspectiva para o futuro do HUANA: ele passaria a ser gerido pela Associação Educativa Evangélica, com a estrutura de seu curso de Medicina.  

Os dirigentes da entidade e da Fundação Universitária Evangélica oficializaram à Câmara Municipal de Anápolis que, em 29 de março passado, foi protocolado, no Ministério da Educação e Cultura, em Brasília, pedido para que o Centro Universitário de Anápolis seja transformado em universidade. 

A notícia foi da pelo reitor da UniEVANGÉLICA, Carlos Hassel Mendes da Silva que, na oportunidade, se fez acompanhar do presidente da FUNEV, Cecílio Alves de Moraes, e Do membro da AEE, Augusto César Rocha Ventura. Eles foram recebidos pelo presidente da Câmara, vereador Leandro Ribeiro (PTB), que teve a companhia dos vereadores Mauro Severiano (PSDB); Pastor Elias (PSDB); Professora Geli (PT); Domingos Paula (PV); Alfredo Landim (PT); Wederson Lopes (PSC); Deusmar Japão (PSL); Jean Carlos (PTB); Teles Júnior (PMN), João da Luz (PHS) e Pedro Mariano (PRP). 

A conversa

Cecílio Alves de Moraes informou, ainda, aos vereadores que a FUNEV vai participar do processo de escolha da nova Organização Social que terá a responsabilidade de gerir o Hospital de Urgências de Anápolis “Doutor Henrique Santillo”. Segundo ele, a OS tem sim a capacidade de gestão do hospital, conta com profissionais qualificados e habilitados em gestão. “Por isso vamos propor que ela assuma o Hospital”, disse. Este interesse, segundo os dirigentes, será levado ao conhecimento do Governador Ronaldo Caiado (DEM). 

Cecílio Alves de Morais disse, ainda, que o curso de Medicina da instituição precisa do HUANA, que é uma unidade de referência regional no atendimento de urgência e emergência. O Reitor Carlos Hassel Mendes da Silva agradeceu à Câmara pela homenagem feita na oportunidade da comemoração dos 72 anos da AEE. Em seguida, deu detalhes sobre os programas de mestrado e doutorado da UniEVANGÉLICA. Solicitou, também, apoio da Câmara à pretensão da FUNEV em gerir o Hospital de Urgências. 

O Presidente da Câmara, Leandro Ribeiro, disse que o processo de transformação do Centro Universitário em Universidade não é surpresa, “pois conhecemos a qualidade do trabalho e a capacidade desta instituição”. A vereadora Professora Geli lembrou vai apresentar projeto que institui a Tribuna Acadêmica na Câmara, “para que alunos e professores apresentem pesquisas, que possam se transformar em projetos para beneficiar a comunidade”. Mauro Severiano disse que a AEE e a UniEVANGÉLICA são patrimônio do povo goiano.

You may also like